sexta-feira, 13 de março de 2015

Disto, do blog

Comecei o blog por sugestão de uma amiga que está de partida da 'blogosfera', a Tétisq. Diz que em 7 anos viveu coisas maravilhosas no entanto, ultimamente, o blog provocava-lhe algum desgaste o que fazia com que o blog não estivesse à altura do que desejava.
É uma moça que exige muito de si mesma!
Não sei o que esperar disto, do blog, principalmente, quando quem mo recomenda se confessa degastada.
Para já, à boleia da lista de leitura da Tétisq tenho encontrado blogs muito interessantes. Há personagens curiosos e gente a partilhar textos fantásticos.
Como estou no início, ainda ando às 'apalpadelas'. Ainda não sei se trato as pessoas por tu ou você. Não sei como seguir blogs naquela caixinha ali ao lado permitindo que as pessoas cheguem até cá através da minha imagem...
Mas, já sei que estive mal quando escolhi o nome. Devia ter escolhido um nome que incluísse a palavra pipoca. Há-as para todos os gostos: doce, mais doce, arrumada, mais arrumada, de saltos altos e há um pipoco (eu não imaginava que a palavra pipoca tinha masculino).
Ao que parece não colocar a palavra pipoca no nome condena um blog ao fracasso, logo à partida.
Vamos ver quanto tempo é que eu me aguento...



2 comentários:

  1. Pipocas há muitas! Já Pós, nem por isso! Eheheheheheh!

    Boa noite, Pó. :)

    ResponderEliminar